sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Casamento índie


Bom... eu não sou (ou não era) muito adepta à cerimônias tradicionais de casamento, mas ultimamente eu tenho repensado meus conceitos. Há alguns meses apareceu uma pessoa que me deixou literalmente de cabeça pra baixo (isso explica minha foto no orkut - pra quem já tinha me perguntado). Eu joguei por terra muitas das minhas defesas (inúteis, nesse caso). E ontem, vendo o episódio de Grey´s Anatomy, eu vi que uma chave pode significar mais do que um instrumento para abrir portas. São os detalhes que fazem a gente perceber o caminho a seguir, são pequenos sinais, às vezes imperceptíveis (mas eles estão lá... as roupas no armário, o tênis na sala, a escova de dentes na geladeira...). O fato é que nós dois vamos nos dar a chance de tentar seguir esse caminho juntos, e um dia (porque ainda é cedo) a celebração dessa escolha vai ser realizada (só não sei como... na praia? no campo? numa igreja? na Praça Verde? transmitida via satélite?). Vai que não acontece nada disso? Meu futuro cunhado quem disse que eu tenho que casar, ou então ele não casa com minha irmã. Ah... essas tradições medievais... hehehe...

Ah! Antes que eu me esqueça: Felicidade aos noivos que se casam amanhã!!! (parte da inspiração desse post).

8 comentários:

geilson disse...

Só sei que quero tocar na festa. E o noivo na batera todo no paletó.

Vou me sentir um Beatle...

geilson disse...

Ah! e tem que avisar com antecedência pra eu poder deixar o cabelo crescer.

Claudio Ferro disse...

Noiva

A chave eu já tenho...rsss

O casamento, seja onde for, agora é questão de honra pra mim...
Use sua criatividade, garota. Afinal, esses detalhes são por conta da noiva...

Só peço uma coisa: If possible, faça o mesmo penteado (aquele da franjinha caída de lado) que tu usou no show do Camelo.

Eu te amo, garota...

Claudio Ferro disse...

Geilson

Estou pra te ver de cabelo grande... rss

E sim, toda felicidade aos noivos!

Ana Kelen disse...

Gente!!! Não valeu esse noivado!!! Eu nem vi o noivo!!! hehehe

Ana Kelen disse...

Geilson
Cara, vai ser legal! Já imaginou tocando Beatles na entrada? E na festa? Vou começar a fazer o repertório :D

Ana Kelen disse...

Mas o noivo vai tocar só umas músicas, nem vem, quero ele comigo! Pode arranjar outro baterista!

Claudio Ferro disse...

Geilson

Tá vendo só cara?
Fazer o que? Usando o título do primeiro solo do Jagger: "She's the boss". rsss