terça-feira, 26 de maio de 2009

Banheiro Cultural


Pois é... me surpreendi hoje quando fui ler as notícias, e encontrei uma matéria falando sobre o lançamento de um conto de terror num rolo de papel. Vejam só, agora eu posso ir ao banheiro e me deparar com clássicos da literatura ou contos de terror escritos no papel higiênico! Se essa moda pega as pessoas vão fazer noites de autógrafos enroladas em papel higiênico! Já imaginou? Ou pior, as pessoas vão demorar mais a sair do banheiro porque estão lendo!!! É a treva!!

-"É como um produto normal. A diferença é que a pessoa pode ler uma história antes de usar o papel", disse à BBC Brasil Hiroshi Nakajima, chefe de vendas da fabricante de papéis Hayashi Paper Corp, empresa que vai lançar o produto.-O rolo de papel higiênico com o conto de Suzuki tem 30 metros de comprimento e custa cerca de US$ 2 cada.

14 comentários:

Claudio Ferro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Claudio Ferro disse...

Sugiro que lancem uma coleção desses papéis com os livros do Toni Belloto...

Ricardo Rodrigues disse...

Se eu fosse escritor, com certeza não ia querer um livro meu sendo comercializado nesse novo 'formato'...
:D

Claudio Ferro disse...

Outra sugestão: Os livros do Chico Buarque...

Geilson Nascimento disse...

cara acho isso genial... na boa... ia popar muita revista...

Geilson Nascimento disse...

*poupar

Ana Kelen disse...

acho é graça! poupar revista??? que nada, o povo ia era roubar papel higiênico pra vender no mercado negro!

Geilson Nascimento disse...

Mercado marrom você quis dizer...

Nossa essa foi horrível... rsrsrs

Ana Kelen disse...

foi podre!!!

Claudio Ferro disse...

Literalmente podre...

Ana Kelen disse...

Trocadilho duplo! E eu vivi pra ver isso...

Geilson Nascimento disse...

me segurei pra não dizer o mesmo... conversa de nível essa, não?

Ana Kelen disse...

de nível nenhum, vc quis dizer...

P. IZABELA disse...

Vou contribuir com essa merda, ops. Veja bem, papel higiênico colorido ou perfumado oferece vários riscos a higiene íntima da mulher. Mas AK não tem obrigação de saber disso - ela é veterinária, não ginecologista. kkkkkk. Beijos, amiga linda!