segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Derrubando tabus


Eu sempre acreditei que enquanto a "nossa música" tocasse, a "nossa história" não acabaria. Eu sou adepta da crença de que romances tem que ter uma trilha sonora, mas uma trilha que não seja escolhida, e sim que ela se construa no desenrolar dos acontecimentos. Foi assim com a música Fluorescent Adolescent do Arctic Monkeys durante todo esse ano. Ela foi o meu hit. Clipei essa música no orkut, era o toque do meu celular, e pra completar a Oi FM me avisou durante o ano inteiro cada vez que ela ia tocar.
Mas eu estava enganada. Por mais que a música tocasse (e ela ainda toca!), nada foi capaz de mudar os rumos dos fatos. E assim, já faz um tempo, a história teve seu fim merecido.
Só que eu fiquei com um problema: a música estava clipada nessa história, e pra evitar que eu entrasse em conflito comigo mesma, eu parei de ouvir a banda.
Ontem eu joguei parte dessa crença fora. Ainda acredito em romances e trilhas sonoras caminhando juntos, mas percebi que essa associação pode mudar. Eu percebi que a música é maior que isso, ela pode mudar de significado, porque ela é absoluta, atemporal. Porque ela transcende.
Eu não sei porque as coisas acontecem do jeito que acontecem, mas a organização do universo está em boas mãos. Ontem eu vi o dvd do Arctic Monkeys (Glastonbury) e vi claramente essa mudança de paradigmas acontecer.

10 comentários:

Claudio Ferro disse...

Aleluia! E viva ao amor e seu dom de mudar paradigmas... rss

Ten million kisses, my lovely Girlfriend

geilson disse...

Não precisa agradecer...

;p

Ana Kelen disse...

Geilson!!!
Obrigada!!!
hahhahahaha

Claudio Ferro disse...

Geilson

Ah, meu amigo. Precisa sim...

Muito obrigado mesmo! Te devo uma...

Abraço

geilson disse...

Pena que o verve não rolou...

Mas tem o franz ainda né... eles sim são ótimos!

e ainda tem o primal scream!

geilson disse...

por falar nisso...

http://g1.globo.com/Noticias/Musica/0,,MUL805787-7085,00-FILME+INEDITO+DO+ARCTIC+MONKEYS+GANHA+SESSOES+NO+BRASIL.html

Ana Kelen disse...

quero ver o Franz!!!

Annamarya disse...

e eu num passei por algo assim?auauauah...

Entaum não acredito q a música tranSceda, mas a nossa vida, o momento especial e a pessoa CERTA seja capaz de apagar o q foi escrito torto e escrever bem melhor e com letras garrafais a história q a gente pintou perfeita, por desejo de q fosse e ñ pq fosse...
Entaum aquela música q antes causava alegría e lembrança, depois causava angústia e deprê. Hoje sua como alívio e LIBERTAÇÂO...
Todas as musicas q viví ou amei, ou passei com outras pessoas hj são dedicadas "Á PESSOA"...(CLEISSIM MEU FÍ)AAUHAUAHUHUA

Annamarya disse...

e Ana a Claudim...
...claro!!!

OBRIGADA CLAUDIM!!

Ana Kelen disse...

essa minha prima...